Monthly Archives

junho 2012

Cereja no Mundo

Primeiras impressões de Madrid

Minhas primeiras impressões resultam num único pensamento: Brasil, foi um prazer, mas vou ficar por aqui.

Gente, estou em outro mundo! Madrid é incrível, simples assim. Ontem, meu primeiro dia, estava meio capenga por causa da viagem. Mas, fui andar mesmo assim.

Não foram mais do que duas horas e já me encantei. Isso aqui é outro mundo. E as lojas estão em “Rebajas”. Tem peças de roupa e sapatos saindo por 4 euros. Mas eu me controlei. Até que……. encontrei uma Sephora. Resultado: Paleta de sombras Naked 2 da Urban Decay. Depois disso, vieram três blusinhas (sendo que só uma é pra mim, porque já comecei com as lembrancinhas).

Até agora não tenho do que reclamar. Me disseram que os espanhóis são meio “grossos”, mas não vi nada disso. O que recebo são sorrisos empolgados, acompanhados de um “BRASILEÑAAA!!“. Bem engraçado.

Ontem fiquei aqui pelo centro mesmo. Fui ao Museu Municipal (que não é lá grandes coisas… Tem umas maquetes e mapas só, mas valeu). As ruas são cheias de cafés e cervezarias. Todos muito agradáveis. 

Apesar do calor, aqui tem vento, então, fica fácil de encarar. Sem contar que.. sério, que outra cidade vai ser tão quente quanto Foz? Non ecziste….


Hoje o dia foi mais puxado. Tinha que ir até o IED e pensei “Ahh.. what the hell! Vou andando”. O instituto é lindo e aproveitei para ir até o Palácio Real e à Plaza Mayor. Eis o trajeto da caminhada:

No caminho, encontrei um teatro. Comprei ingresso para ir hoje, as 18h, assistir ao musical “El Rey Leon“. Também passei em uma loja chamada “El Corte Inglés”, uma espécie de loja de departamentos com 8 andares. Não comprei nada… A real é que lembra muito um shopping no PY. Poucas marcas diferentes e o preço estava um pouco acima do que eu queria. Então, voltei a caminhar. Depois de me perder e me achar na Gran Vía, cheguei ao palácio.

Caminhei mais um pouco, me perdi de novo e cheguei até a Plaza Mayor, onde encontrei uma super figura:

Morri de rir! Segue o diálogo:

– Que aconteceu, Homem Aranha?
– Por que? Não está me chamando de gordo, né? (pose)
– Nunca! Você está sexy!
– Obrigado. Você também não está nada mal. De onde é?
– Brasil.
– AI, UMA BRASILEIRA! É uma graça, mas não tanto quanto eu….
E aí voltei para a residência (de metro, porque eu devo ter deixado minhas pernas entre o IED e o Palácio).
E hoje tem vídeo pra vocês! 

Hasta pronto!

Mais fotos aqui.

Cereja no Mundo

É hoje!

Depois de duas noites sem dormir muito bem de tanta ansiedade, chegou o dia! Daqui a pouco, vou-me para a Espanha! Começa, então a saga “Cereja no Mundo“.

Portanto, espero que entendam que as postagens vão dar uma diminuída… Mas, o Cereja será meu “diário de bordo”. Sempre que tiver um tempinho, aqui postarei fotos, vídeos e novidades que encontrar pela “Zoropa“.

Um grande beijo a todos e um agradecimento a Intercultural.

Hasta la vista, babies!

Receitas

Gordice de Domingo – Pudim

Sim, eu sei que pudim não é a sobremesa mais elaborada do mundo, mas ah… Ela é a “pizza do universo de sobremesas”. Não há quem não goste (eu pelo menos não conheço).

Não bastasse isso, essa receita tem um item especial: É receita de vó! Liguei para ela e anotei o passo-a-passo certinho para tentar fazer igual! Então, se preparem… Porque, quando se trata de cozinha, a Dona Rosi não brinca em serviço.

Deu certo! A vó vai ficar orgulhosa!

Ingredientes

1 xícara de açucar
5 ovos
1 caixa e meia de leite condensado
Leite
Água

Modo de Preparo

1. Comece pondo a xícara de açúcar para o caramelo. Esquente direto na forma do pudim. Quando estiver pronto, vá virando a forma para que o caramelo fique pelas laterais também, não só no fundo.

2. Aqui é que começa a parte diferente da receita. A maioria das pessoas faz pudim no liquidificador. Nós vamos fazer o seguinte: Na batedeira, separe as claras e as bata até ficarem em neve. Depois disso, jogue as gemas.

3. Coloque uma caixa e meia de leite condensado. Isso vai muito do gosto… Se quiser, use as duas caixas inteiras.

4. Usando a caixa do leite condensado como medida, encha com leite e despeje na mistura.

5. Termine usando meia caixinha de água.

6. Cozinhe em banho-maria. A partir do momento em que a água começa a ferver, conte uns 40 minutos, mas fique de olho. Dependendo do fogão, pode ser mais ou menos tempo. Controle bem para não queimar.

7. Depois de a água ter esfriado, retire a forma e leve-a a geladeira. Tire só no dia seguinte.

Le close no pudim

Outro segredinho, dessa vez da outra vó, a Dona Nilcea: Para desenformar, desgrude as laterais antes com uma faca sem ponta. 

E está aí o seu pudim (.com.br). Ficou bem gostoso, modéstia à parte. Pode ser um pouco mais trabalhoso do que a receita normal, mas vale a pena.

Boa noite, pudinzinhos.

P.S: O digníssimo tem participação no pudim. 

Blogosfera, Leca

Cereja no Caminhos do Oeste

Sabe aquela história de “o feitiço virar contra o feiticeiro”? Senti na pele hoje. Mas, no meu caso seria mais “A entrevista vira contra o entrevistador”.

Fui convidada para participar do quadro de receitas do programa Caminhos do Oeste, da Rede Massa. Eu não sou cozinheira, mas alguma das gordices já seria suficiente para não ficar tão feio pro meu lado.
O escolhido foi o Brownie

A equipe de filmagem chegou aqui em casa – que parecia outra, de tão bem arrumada que ficou* – e conheci pessoalmente a Lalinha, uma simpatia! Os meninos eu já conhecia de outros carnavais outras reportagens (Tete e Dário), umas figuras!

Mãe! Vou aparecer na Tv!

Preciso confessar que deu um friozinho na barriga… Ser a entrevistadora é mais fácil. Mas, tudo deu certo. Foi bem bacana a conversa, falei como se soubesse cozinhar… Rá!

Vai começar!

Mexendo o chocolate

Pausa na receita pra tirar foto!  
Atenção para os ingredientes

Le brownie pronto

Fotos bonitonas tiradas pela minha mãe e pela própria Lalinha, que, enquanto eu cozinhava, pediu a câmera pra minha mãe e resolveu brincar também. As duas se deram bem na fotografia, viu?! Ficaram ótimas as fotos!

*Ah, lembram que eu falei da minha cozinha mega organizada? Olha só como estavam as coisinhas:

Foto via Instagram @leca_dpaula

Créditos à rainha da minha vida pela produção! Enquanto eu me arrumava, a senhora minha mãe transformou o lugar! Desculpa, gente… Minha mãe é demais. Morram de inveja. 


A matéria/receita vai ao ar neste domingo, 24, às 10 horas no Caminhos do Oeste, na Rede Massa. Estou super curiosa pra ver como vai ficar! Não percam!

E antes de encerrar: Um agradecimento à Mariana Kojunski pelo convite! Guardem esse nome… Essa sera uma pequena grande jornalista. Aliás, já é. Gosto muito do seu trabalho, Mari! Obrigada mesmo por ter me chamado, eu adorei!

Blogosfera

#EIBTur

Tá rolando aqui em Foz o Encontro Internacional de Blogueiros de Turismo, o EIBTur. Caí de paraquedas no evento hoje de manhã e, NOSSA, COMO EU CURTI! 

O encontro está acontecendo paralelamente ao Festival de Turismo das Cataratas (outro evento que vale a pena conhecer! Recomendo) e fui, a princípio, para trabalhar (a matéria está aqui). Acontece que o assunto é do meu interesse. Afinal, os blogs são os protagonistas da discussão e foi muito bacana os blogueiros contando do crescimento que viram e vivenciaram. 
Estavam no painel que eu participei: Cinthia Ferreira, do Make Up Atelier e Spicy Vanilla,  Keith Jenkins, do Velvet Escape, Melvin Böcher, do Travel Dudes, Guto Rocha, do PmWeb Responsys e, intermediando tudo, estava Claudia Saleh, do Aprendiz de Viajante.
Da esquerda pra direita: Melvin, Keith, Claudia, Cinthia e Guto
Todos trouxeram abordagens muito interessantes, sem tirar nem por. Foi uma mesa realmente edificante. Me identifiquei muito com a Cinthia (que eu já “conhecia”. Sou leitora do Atelier…) e do Keith, que soltava umas frases que botava a cabeça pra funcionar.

“Sua voz é a marca do seu blog”


“O Blogueiro tem um rosto, não é como um jornal ou uma revista. É por isso que as pessoas confiam na gente.”


Depois que eles terminaram, conversei um pouquinho com o Melvin. Ele é super empolgado, sabe? Vemos que ele ama o que faz e, mais importante, entende o que está fazendo. Conversei um pouquinho sobre o Cereja, como os blogs aqui no Brasil também tem ganhado bastante espaço nas empresas, como o que aconteceu comigo no FozHair do ano passado e até citei o caso do batom adesivo – afinal, nunca imaginei que alguém, lá se São Paulo iria me procurar para fazer uma resenha sobre algo. Fiquei mega feliz. 
E, para encerrar, fui tietar um pouquinho a Cinthia! Sim, eu tieto e to vivendo, tem gente que não tieta e tá morrendo. Uma querida, apesar da conversa rápida. E claro que toda boa tietagem termina em instagram foto, né?!
Foto tirada por Gladys Gonzalez. Brigada, frô!
Eu só sei que adorei ter participado e conhecer esse pessoal. Acho que está muito mais produtivo que o Encontro Mundial de Blogueiros do ano passado. Não que aquele estivesse ruim… Mas aqui, há discussão. Não é um falando de cada vez e os outros ouvindo. Tem uma interatividade maior e uma aproximação maior com o público. A organização está de parabéns!
Amanhã tem mais! Estarei lá, com “mucho gusto”. 
Ah… E só pra constar: Daqui 15 dias, o Cereja vai ganhar seu lado viajante. España, mi gente, España! #ansiosa #morrendo
Close