Instagram

No Instagram da Cerejeira – Semana 1

Nem sempre imagens valem por mil palavras. É por isso que, a partir de agora, toda sexta-feira, vou contar um pouco do que rolou no Instagram desta que vos fala (@leca_dpaula).

Viva o narcisismo.

Semana 1… Valendo!

1. Preto, branco e amarelo – Pouco depois do coquetel de lançamento da Modas Alice, a Deborah Haguiuda postou (também no Instagram) fotos de maxicolares. Esse é um deles. Achei lindo e, mesmo não sendo acostumada a usar acessórios – estou me disciplinando a fazê-lo – não resisti. A peça realmente dá um outro nível ao básico. Na foto não dá pra ver tudo, mas estava de jeans, blusinha e blazer pretos. Para não pesar, prendi o cabelo todo para trás e fiz um make leve. Saí me achando a Gloria Kalil.
2. Como não amar? – A Margot e a Meg são figuras já conhecidas aqui no Cereja. Mas, todo dia é uma coisa nova que essas duas inventam. Hoje mesmo, a Margot aprendeu a abrir os armários da cozinha (#socorro!). Aí, elas aprontam e fazem caras e poses para não brigarmos com elas. Esse foi um dos momentos. Quem teria coragem de dar sermão nessa coisinha simpática aí?
3. Chapeleira Maluca – Apesar de adorar esse chapéu H&M (do lote “compras em Madrid), ainda não usei ele pras bandas de cá. Quase não comprei. Minha amiga, Yaz (que foi comigo para Valência), fez curso de Personal Shopper na Espanha e me disse que eu ficava gorda com esse chapéu. Desisti. Mas, quando ela foi para Roma e eu fiquei por lá… Rá!

4. Where’s the joy today? – Esfriou muito de sábado até ontem. Eu adoro frio, mas com a gripe que eu estou, ele acaba sendo fator agravante e isso não é legal. Tirei essa foto da janela da redação do H2FOZ, joguei um dos filtros e deu essa imagem super gótica, misteriosa. Como eu não estava muito legal da saúde (aliás, estou tossindo feito doida até agora), casou bem com meu estado de espírito.

5. Frio hoje no Guarujá. Até a próxima… – Esse é um ótimo refúgio para passar o final de semana. Conheçam Guarujá do Sul, em Santa Catarina. “Metrópole” de aproximadamente 5 mil habitantes. Simplesmente adoro ir para lá. Meu sogro é de lá, então, vez ou outra vou com eles para passar o final de semana, quando querem visitar os parentes. Indo pela Argentina, dá cerca de 3 horas de viagem. Chegando lá, é só curtir a vida… Chimarrão, violão, boas companhias, cuca com churrasco, queijos e vinhos coloniais e nada pra te incomodar. Delícia!

6. Ratatouille. Pena que cheiro não passa por foto… – Sexta a noite fizemos jantinha. O prato escolhido foi o ratatouille, típico da França provençal (e popularizado depois da animação com o mesmo nome). Só legumes, o que torna uma refeição ideal para a noite, já que não é pesada. E o cheiro… Gente! Sério, nunca comi algo tão cheiroso na minha vida! Vai alecrim, salsa, manjericão e louro, querem mais o que?! É uma delícia. Um dia posto a receita pra vocês, porque não é nem um pouco difícil.