Categoria

Receitas

Receitas

Cheesecake de Limão

Final de semana é sinônimo de sair da dieta e ser feliz. Eu resolvi tentar, pela terceira vez, fazer um cheesecake. Era uma questão de honra, já que as outras duas vezes (veja aqui e aqui) foram um fiasco. Na verdade, eu tinha até desistido de fazer essa sobremesa… Estava resolvida a fazer o mousse de iogurte para não passar carão na frente das visitas.

Mas uma das piores coisas que você pode fazer no Facebook é seguir o Tastemade Brasil, porque você está lá de boa e bem felizinha pensando no mousse que você vai fazer, quando surgem vídeos como este:

Aí, você sente a necessidade de comer e fazer essa maravilha. Vamos, então, aos ingredientes!

200g de bolacha maizena
100g de manteiga sem sal (derretida)
Raspas de 1 limão e suco de 3 limões (aproximadamente 125ml)
1 pacote de gelatina sem sabor
400g de cream cheese(em temperatura ambiente)
1 caixa de leite condensado
1 caixa de creme de leite (frio)

Modo de preparo

1. Antes de começar, retire o cream cheese da geladeira e deixe-o chegar em temperatura ambiente. Bem mole.

2. Para a massa do cheesecake, triture a bolacha maizena bem fina e numa tigela misture bem com a manteiga derretida até formar uma massa que molde – Ver detalhes no vídeo.

3. Cubra todo o fundo e lateral de uma forma de aro removível untada com manteiga (essa quantia deu certo para a minha forma de 24cm). Vá moldando a base e lateral da forma com a mistura de bolacha e manteiga, pressione bem com a ajuda de um copo, ou colher até que tudo fique bem lisinho. Leve para assar em forno pré-aquecido a 180°C por 10 min. Retire e deixe esfriar completamente

4. Para o recheio reserve as raspas de 1 limão e retire o suco de aproximadamente 3 limões – precisaremos de 125ml de suco. Adicione num recipiente, o suco do limão e a gelatina sem sabor. Mexa bem e reserve até a gelatina hidratar. – 10 min, aprox.

5. Na batedeira (ou na mão mesmo, com um fuê) bata um pouco o cream cheese, somente para “desmontar” e começar a ficar cremoso. Adicione o leite condensado e bata até ficar bem cremoso (vai parecer chocolate branco derretido).

6. Reserve a mistura numa tigela e prepare a gelatina. Neste ponto a gelatina deve ter engrossado o suco de limão, está hidratada, agora é só levar ao microondas de 10 em 10 segundos até ficar líquida. No nosso microondas usamos 20 segundos no total, mexendo entre cada vez. A gelatina não pode passar de 50 graus, então é importante ir esquentando aos poucos pra não correr o risco de passar.

7. Junte a gelatina e as raspas do limão no creme e misture tudo muito bem. Na batedeira novamente bata o creme de leite fresco até o ponto de chantilly e encorpore na mistura aos poucos, com cuidado para não perder muito o ar do chantilly e a cremosidade. – Ver detalhes no vídeo.

8. O chessecake está pronto, é só arrumar na forma, com a massa fria, e cobrir para levar para geladeira por no mínimo 4 horas (eu deixei de um dia para outro)Para desenformar é só liberar a lateral do chessecake na forma com uma faca, e abrir a forma. Deve sair facilmente.

É um pouquinho trabalhoso, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. A textura fica leve e a massa, crocante. Na verdade, eu poderia ter colocado menos bolacha e/ou mais manteiga, porque ela ficou um pouco farelenta, mas é detalhe. O desafio para mim, era acertar o recheio. E dessa vez, É TETRA!

1443966563481

Receitas

Creme de cenoura com gengibre

Fazia tempo que não postava nenhuma receita por aqui. Com esse friozinho, resolvi inventar moda na cozinha e ontem a noite fiz um creme de cenoura com gengibre e ficou bem gostoso (além de bonito. Vide foto)!

Então, pega lá o caderninho e vamos lá!

Ingredientes:

3 cenouras médias
1 cebola
2 ou 3 lascas de gengibre
1 tablete de caldo de galinha
Azeite, sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

1. Pique as cenouras em rodelas finas e cozinhe com um pouco de água (500ml) no micro-ondas – aproximadamente 3 minutos
2. Bata as cenouras no liquidificador ou no processador junto com as lascas de gengibre
3. Refogue a cebola com azeite numa panela. Quando dourar, adicione a cenoura batida
4. Enquanto você refoga a cebola, deixe água fervendo (aproximadamente 500ml) e dissolva o tablete de caldo de galinha. Quando estiver dissolvido, junte essa água do caldo com a cebola e as cenouras.
5. Misture um pouco e volte ao liquidificador. Bata até ficar um caldo homogêneo
6. Volte ao fogo e tempere com sal e pimenta do reino a gosto.
7. Engrosse a sopa com uma colher de sobremesa de maisena dissolvida em água ou espere o caldo reduzir. Se for usar maisena, vá acrescentando aos poucos e mexendo sempre quando o caldo já estiver fervendo. Espere a sopa ferver novamente antes de servir.

Servir
Claro, você pode simplesmente colocar no prato de sopa e mandar ver, mas fica gostoso se acrescentar uma colher de sobremesa de cream cheese (eu usei o light), cheiro verde e um fio de azeite.

cremedecenoura_cerejanoombro

Prontinho! É uma boa opção para entrada. Por ser creme, não tem “sustância” para ser o prato principal. Fácil, gostoso e quentinho.

Receitas

Não-Gordice: Sopa pá nói!

Nesse climinha frio, não são só quitutes banhados em chocolates que caem bem. Sopa também é uma ótima pedida e, pasmem, eu sei fazer canja!

Foto: Instagram da Cerejeira

Rá! Não esperavam por essa, não é?!

É bem rapidinha de fazer, cerca de 40min desde a preparação até que ela esteja completamente pronta.

Ingredientes:

1 peito de frango grande sem pele e sem osso
Pimenta-do-reino (a gosto) para temperar
2 folhas de louro
1 colher sopa de óleo
1 xícara de arroz
2 batatas medias (raladas ou cortadas em tiras, como preferir)
2 cenouras médias (idem item acima)
2 caldos de galinha
1 xícara de cheiro verde picado
2 tomates maduros picados
2 cebolas picadinhas
2 colheres de sopa de extrato de tomate
Água o suficiente

Modo de Preparo

1. Em um panela de pressão doure a cebola no óleo
2. Junte o frango picado e deixe refogar
(Obs: Eu não tempero o frango antes, porque ele acaba pegando direto da sopa, mas vai do gosto)
3. Junte os tomates, o caldo de galinha, o arroz lavado, as batatas, as cenouras, o extrato de tomate, o cheiro verde, as folhas de louro e a água
5. Tempere à gosto com sal e pimenta do reino.
4. Tampe a panela deixe cozinhar por 20 minutos
Sirva com vinho!

Receitas

Gordice de Leitora – Bolo de Cenoura

*Por Mayara Godoy

Gordice boa rende não apenas calorias, mas também muitas fotos e, no caso de exímias cozinheiras tecnológicas como nós, receitas no blog. Como o meu (Uma Segunda Qualquer) não tem muito este foco (na verdade, não tem foco algum), aproveito o espaço aqui no Cereja para compartilhar uma receitinha maraviwonderful com vocês.

Bolo de cenoura é um tabu pra muita gente, mas a minha receita é tão fácil que vocês nem vão acreditar! E é de dar inveja até na Ana Maria Braga. Então, vamos lá!

Você vai precisar de:

– 3 cenouras grandes (ou 4, se forem pequenas)
– 3 ovos
– 250 ml de óleo
– 2 copos de farinha de trigo
– 2 copos de açúcar
– 1 colher de fermento

Modo de preparo 

(tempo estimado: 30 minutos)

Antes de qualquer coisa, pré-aqueça o forno a temperatura baixa (180°C) e unte uma forma média. Depois, junte a farinha de trigo, o açúcar e o fermento em uma tigela e reserve (foto 1). Para esta receita, eu uso copos de 300 ml – a mesma medida vale para a farinha e para o açúcar.

Depois, descasque as cenouras e pique em rodelas (foto 2). Não precisa caprichar muito, pode picar meio grosso, afinal, o liquidificador fará o trabalho difícil.

Junte a cenoura, os ovos e o óleo e bata no liquidificador até a mistura ficar bem homogênea. Comece pulsando, depois deixe bater por algum tempo.

Ao terminar, adicione o líquido à mistura na tigela (foto 3). Você vai misturar com uma colher grande mesmo, não precisa de batedeira. Vá misturando até que a massa fique lisa e homogênea (sempre quis falar assim!).

Quando a massa estiver bem linda (foto 4), enforme e mande para o forno.

Em uma temperatura média (250°C aproximadamente), vai demorar de 35 a 40 minutos para assar – tudo depende do seu fogão estar bem regulado, claro.

Depois, é só fazer uma cobertura ao seu gosto e arrasar!

Parecer da Cerejeira: Aprovado, minha gente. A-PRO-VA-DO!
Receitas

Gordice de domingo – Cupcake de Cereja

Não é segredo que eu sou fã de gordices (seja fazer ou comer), por isso, achei justo um presente que ganhei de aniversário: um livro com 200 receitas de cupcakes!

Gracias aos amigos Garon e Ahmed! 

Adorei! Só de olhar a gente já fica com água na boca. Os bolinhos estão distribuídos nas seguintes categorias: Cupcakes para todo dia; Cupcakes de Chocolate; Cupcakes para Crianças; Cupcakes para Adultos; Cupcakes Salgados; Cupcakes para Ocasiões Especiais.

Ontem decidi que era dia de começar a me aventurar e testar algumas receitas. Fiz duas: Cupcake de café com nozes (não sobrou nenhum para eu fotografar, sorry. Um outro dia, talvez) e Cupcake de Cereja.

Olha só a belezura:

Vamos aos ingredientes!

Massa

100g de amêndoas sem pele
100g de manteiga sem sal
100g de açúcar
2 ovos
125g de farinha de trigo
1 cholher (chá) de fermento em pó
100g de cerejas em calda cortadas em quatro

Rende: 12 unidades
Preparo: 20 minutos

Cozimento: 25 minutos

Cobertura

4 colheres (sopa) de geleia de cereja/morango/framboesa (usei essa última)
100g de açúcar
2-3 colheres (chá) de água
6 cerejas frescas sem caroço cortadas ao meio para decorar

Modo de Preparo

1. Escalde as amêndoas em água fervente por 1 minuto. Escorra e seque. Coloque as amêndoas no processador/liquidificador e bata até moer.
2. Transfira as amêndoas para uma tigela e acrescente a manteiga, o açúcar, os ovos, a farinha e o fermento. Bata bem com a batedeira por cerca de 1 minuto, até ficar leve e cremoso.
3. Misture as cerejas em calda e distribua a massa nas forminhas.
4. Asse em forno pré-aquecido a 180°C por 25 minutos, até que cresçam e pareçam firmes ao toque. Tire do forno e deixe esfriar.
5. Espalhe a geleia sobre os cupcakes.
6. Bata o açúcar numa tigela com a água para obter uma cobertura espessa e quase firme. Espalhe sobre a camada de geleia e decore com as metades de cereja.
OBS: Pela foto, percebe-se que eu não fiz essa cobertura de açúcar.

Tcharãn! Cupcake de cereja.  Muito bom e fácil de fazer. Já quero fazer muitos outras receitas desse livro. Descobri que, de fato, cozinhar pode ser terapia. 
Boa segunda-feira a todos e, para os iguaçuenses, bom feriado! #FozDoIguaçu99Anos
Receitas

Gordice fácil e gostosa

Mais uma receita de vó (a outra foi o pudim, lembram?). Doce fácil fácil de fazer. Não requer prática, tampouco habilidade. E, para dias quentes, é uma sobremesa refrescante que cai super bem.

Não sei qual é o nome original dele, mas vou chamá-lo de “Mousse de Iogurte“.

Ingredientes:

1 caixinha de leite condensado
2 caixinhas de creme de leite 
(é melhor caixa porque não tem soro. E, de preferência, deixe-as na geladeira antes de usá-las)
1 iogurte natural
1 envelope de suco 
(eu usei de abacaxi, mas você escolhe o saber que lhe agrade)

Modo de preparo

1. Em um recipiente, misture o leite condensado, o creme de leite e meio pote do iogurte.
2. No potinho do iogurte mesmo, na metade que não foi usada ainda, dissolva o suco.
3. Feito isso, junte o iogurte com o suco ao resto da receita e termine de misturar.
4. Leve à geladeira.

Sim, é só isso!

No fim, você só sujou uma colher. Maravilha, não?!
Receitas

Gordice – Cupcake 2

Cupcakes estão na moda. São práticos, gostosos e, vamcombiná, são super lindinhos. Eu já tinha feito uma receita aqui, mas não tinha me agradado muito, principalmente a cobertura.

Aí, esses dias, vi na TV uma outra receita (na verdade, duas) e me empolguei de novo para tentar fazer os bolinhos. Hoje, sexta-feira chuvosa na fronteira, foi o dia escolhido:

Posso falar bem a verdade? A-PA-VO-REI! 

Eles ficaram muito muito muito leves, sabe?! Minha definição foi: “É como comer uma nuvem de chocolate“. Minha irmã também confirma a constatação e ainda acrescentou: “O melhor cupcake que eu já comi“. Rá!

Tô me achando. Mas, como eu sou legal, vim dividir essa receita dos céus com vocês.

Vamos lá, crianças, tirem o caderninho da gaveta e anotem os ingredientes:

Ingredientes

3 ovos
200g manteiga
220g açucar refinado
110g chocolate em pó
180g farinha de trigo
Pitada de sal
200ml leite
1 colher sopa de fermento em pó
Confesso que eu apenas me inspirei nessa receita. Como eu queria fazer poucos bolinhos, não segui à risca as medidas sugeridas.
Ah, também acrescentei uma colher de chá de essência de baunilha.

Modo de Preparo

1. Bata a manteiga e o açúcar até ficar cremoso.
2. Acrescente os ovos e continue batendo.
3. Misture o leite e, em seguida, os ingredientes secos – menos o fermento.
4. Adicione o fermento e mexa com a colher. A massa não vai ficar como uma de bolo e sim como um suflê. Por isso fica levinha.

Já deixe o forno pré-aquecendo em 180º C e vá distribuindo a massa nas forminhas de papel. Para segurar melhor, coloque-as dentro de formas especiais para cupcakes, como essa:

Eu não tenho uma dessas, então, coloquei os papéis dentro de forminhas de pão de queijo. Serviu bem. 
Deixe assar de 20 a 30 minutos e pronto! Delicie-se!
Fiz cobertura de brigadeiro dessa vez, mas ainda quero fazer a de Ganache (mistura de chocolate e creme de leite).
Receitas

Gordice ao contrário

Estavam com saudades de receitas? Eu estava com saudades de postá-las e essa, diferente das outras, não é gordice – e nem foi feita por mim.

No sábado, fui fazer uma matéria na Associação dos Diabéticos de Foz do Iguaçu (ADIFI), onde eles apresentaram algumas opções de pratos especiais a quem tem a doença – mas não exclusivamente a eles. Na verdade, como bem explicou a nutricionista, diabéticos comem mil vezes mais saudável do que nós. 
Então, que tal fazer um Pão de Queijo Light?
Juro de pé junto que fica gostoso. Eu experimentei e, de verdade, gostei. 
Vamos aos ingredientes:
200g de batata cozida e amassada
100g de queijo parmesão ralado
200g de ricota
2 ovos
Sal a gosto
Cerca de 1 1/2 xícara de polvilho doce
Modo de preparo
– Misture todos os ingredientes num recipiente e faça as bolinhas 
– Coloque-as em uma assadeira e leve ao forno pré-aquecido
– Vai levar cerca de 30min até dourar.
E pronto! Fácil, prático, saudável e todo mundo pode comer. Sugestão pra lanchinho da tarde.
Receitas

Gordice de Domingo – Pudim

Sim, eu sei que pudim não é a sobremesa mais elaborada do mundo, mas ah… Ela é a “pizza do universo de sobremesas”. Não há quem não goste (eu pelo menos não conheço).

Não bastasse isso, essa receita tem um item especial: É receita de vó! Liguei para ela e anotei o passo-a-passo certinho para tentar fazer igual! Então, se preparem… Porque, quando se trata de cozinha, a Dona Rosi não brinca em serviço.

Deu certo! A vó vai ficar orgulhosa!

Ingredientes

1 xícara de açucar
5 ovos
1 caixa e meia de leite condensado
Leite
Água

Modo de Preparo

1. Comece pondo a xícara de açúcar para o caramelo. Esquente direto na forma do pudim. Quando estiver pronto, vá virando a forma para que o caramelo fique pelas laterais também, não só no fundo.

2. Aqui é que começa a parte diferente da receita. A maioria das pessoas faz pudim no liquidificador. Nós vamos fazer o seguinte: Na batedeira, separe as claras e as bata até ficarem em neve. Depois disso, jogue as gemas.

3. Coloque uma caixa e meia de leite condensado. Isso vai muito do gosto… Se quiser, use as duas caixas inteiras.

4. Usando a caixa do leite condensado como medida, encha com leite e despeje na mistura.

5. Termine usando meia caixinha de água.

6. Cozinhe em banho-maria. A partir do momento em que a água começa a ferver, conte uns 40 minutos, mas fique de olho. Dependendo do fogão, pode ser mais ou menos tempo. Controle bem para não queimar.

7. Depois de a água ter esfriado, retire a forma e leve-a a geladeira. Tire só no dia seguinte.

Le close no pudim

Outro segredinho, dessa vez da outra vó, a Dona Nilcea: Para desenformar, desgrude as laterais antes com uma faca sem ponta. 

E está aí o seu pudim (.com.br). Ficou bem gostoso, modéstia à parte. Pode ser um pouco mais trabalhoso do que a receita normal, mas vale a pena.

Boa noite, pudinzinhos.

P.S: O digníssimo tem participação no pudim. 

Receitas

Gordice de Domingo (4)

Eu disse que ia falar com vocês de novo só na segunda-feira, mas… Gente! Domingo de Páscoa sem post de “Gordice de Domingo” é meio inconcebível, né?!

Então, vamos lá! Que tal uma torta de maracujá para refrescar?

Ok, não vou enganá-los… Essa torta eu fiz para ontem a noite, churrasquinho a noite e tal, e daí, antes que eu pudesse tirar foto dela inteira…

…ela ficou assim!

Mas isso mostra que foi aprovada, né?! Então, vamos lá! Papel e caneta na mão, anotem a receita (com algumas improvisações minhas que deram certo… Estarão em vermelho).

Ingredientes

Massa

12 colheres (sopa) de farinha
2 a 3 colheres (sopa) de açucar
1 colher (cha) de fermento em pó
5 colheres (sopa) de margarina
2 colheres de creme de leite

Recheio

1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
200 ml de suco concentrado de maracuja sem as sementes (3 a 4 maracujas)
1 folha de gelatina incolor

Cobertura

Polpa de um maracujá com as sementes
1 colher (sopa) de amido de milho
3 colheres de açúcar
Água (o quanto achar necessário)

Modo de Preparo

Massa

Misture tudo e amasse bem até ficar uma massa homogênea
Abra a massa e coloque em uma forma redonda de fundo removível
Leve ao forno até ficar dourada

Recheio

Bata tudo no liquidificador por alguns minutos e despeje sobre a massa ja assada

Cobertura

Coloque os ingredientes em uma panela, misture bem e leve ao fogo mexendo até as sementes se separarem. Vá despejando a água aos poucos.
 Espalhe por cima do recheio e leve a geladeira

Simples, fácil, prático e deliciosa!

Le Digníssimo aprova

Feliz Páscoa, bonitos.

Não aquela páscoa do ovo de chocolate e de coelhinho, mas aquela em que Jesus venceu a morte;

Que hoje também seja o seu dia de renascer.

Close