Já diziam minhas professoras: “Para escrever, tem que ler”. E eu repito esse conselho como mantra. Comecei com os romances do Sidney Sheldon, para os poemas do Carlos Drummond e Elisa Lucinda às crônicas cômicas do Luis Fernando Veríssimo.

E, sendo a era digital, tenho meus sites e blogs literários favoritos também. Então, separei a listinha de sites que me inspiram e servem como exercício diário para mim.

1. Entre Todas as Coisas
De Daniel Bovolento, sou fã do blog antes mesmo de ser colaboradora. Um texto que me marcou muito foi “A Primeira Vez“, talvez o primeiro que eu tenha lido. Mais recentemente, “Quando o Amor Acabou” também foi certeiro. Indico muito mesmo a leitura.

2. Casal Sem Vergonha
Apesar do nome, o site Casal Sem Vergonha bota a gente pra pensar muito sobre relacionamentos e amor. Um dos meus favoritos foi o “Existe Cura para o Romantismo?“.

3. Ivan Martins
Ele é colunista da revista Época. Toda quarta-feira, vou lá conferir o que ele tem de novo. De longe, os textos de que mais gosto são “Os Amores Difusos” e “Trago o Amor de Volta“.

4. Entenda os Homens
Além das crônicas, o pessoal do EOH traz sugestões de filmes, livros e músicas, enquetes, vídeos e mais. Gosto muito do “Dizer eu-te-amo é pouco” e do “Driblando o Efeito Borboleta, ou, Destino“, mas, para mim, o melhor é “Crônica de um Amor Cotidiano“.

 

5. Uma Segunda Qualquer
Não é (só) porque é minha amiga que a Mayara Godoy está nessa lista. Basta acessar o blog para perceber que o lugar nessas minhas indicações é merecido. Recomendo todo, mas eu amei “Monstros” e “Há Vagas“.

6. Garon Piceli
Seguindo o exemplo da Mayara, esse meu amigo também está aqui porque escreve muitíssimo bem. O Garon tem uma delicadeza nos textos que só ele tem. Adoro. De todos os posts, os meus favoritos são “Deus não está sendo sensato contando os segundos quando estamos juntos” e “Quem vai querer um dragão caindo aos pedaços?

7. The Bro Code
Descobri faz poucos dias esse site. Quando li o texto, já imaginei algo totalmente diferente. Talvez algo mais de humor, já que “The Bro Code” é uma das famosas frases de Barney Stinson, do seriado “How I Met Your Mother”. Em todo caso, cliquei e vi que não podia estar mais equivocada. O blog traz textos com uma  extremamente sincera. Gostei bastante. Indico que comecem por “Idas e Vindas“.

8. Revista Bula
Não sei indicar qual dos colunistas é melhor, portanto, indico a seção inteira. Comecei lendo “Conversa à toa sobre o começo, o meio e o fim do amor” e já foi suficiente para adicionar o site à lista de leituras diárias. Outro texto igualmente recomendável é “Crescer é aprender a dizer adeus para certas coisas“.

É isso! E vocês? Tem algum site para indicar?

Comments

comments

Powered by Facebook Comments