Ela acorda cedo para dar tempo de alisar o cabelo e se maquiar. Ele enrola o máximo que pode na cama e perde a hora com frequência. Ela toma banho quente. Ele joga água gelada do rosto.

Ela não sai de casa sem ler o horóscopo e prefere cereais integrais com iogurte. Ele não pode deixar de resolver o Sudoku enquanto toma o café preto matinal.

Ela canta em voz alta no carro e mexe no celular quando para nos sinais. Ele ouve as notícias e se concentra no trânsito e nos pedestres.
Ela é comunicativa e trabalha bem em equipe. Ele é tímido e passa horas sozinho na frente do computador. Ela se dispersa facilmente. Ele é super concentrado.
Ela prefere comer a salada por último para a comida não esfriar. Ele come as alfaces e tomates primeiro para não exagerar no macarrão.
Ela gosta de praticar esportes e de brincar com os cachorros. Ele vai a academia e joga video game. Ela toca violão nas horas vagas. Ele lê filosofia.
São tantas diferenças, tantas divergências…
Que poucos acreditam que ambos vivem muito bem juntos, sendo felizes com seus opostos, numa versão cotidiana de Eduardo e Mônica, provando que, quando se trata de amor, o coração é quem tem toda a razão.

 

Comments

comments

Powered by Facebook Comments