Quando eu me apaixonei por você, visualizei uma vida cheia de aventuras, amor e vinho. Agora que te amo, aprecio cada momento que passamos juntos no sofá, bebendo suco de laranja e assistindo a um seriado maluco de ficção científica.

Quando eu me apaixonei por você, imaginei nós dois morando em uma casa grande, com jardim, cachorros e crianças. Agora que te amo, eu adoro o fato de termos um apartamento pequeno e um pé de manjericão – que eu sempre esqueço de regar!

Quando eu me apaixonei por você, te idealizei como o cara perfeito. Agora que te amo, vejo cada defeito seu e continuo te amando, me propondo a ajudar no que você pode e quer melhorar.

Quando eu me apaixonei por você, na hora, me vi como uma pessoa melhor. Agora que te amo, percebo que minhas TPMs continuam sendo ferozes e fico feliz ao ver que, mesmo nos piores dias, você não tem medo de chegar ao meu lado – mas sempre deixa um chocolate para emergências.

Quando eu me apaixonei por você, achei que nossas dificuldades seriam como as de qualquer casal. Achei que nossas brigas seriam por ter deixado toalha em cima da cama ou porque lugar de meia suja é no cesto, não embaixo da almofada. Agora que te amo, sei que nossas maiores lutas não serão um contra o outro.

Quando eu me apaixonei por você, não sabia se teria forças para aguentar a situação em que nos encontrávamos. Agora que te amo, sei que, não importa o que aconteça, eu estarei sempre ao seu lado, te defendendo do que eu puder e desejando que eu pudesse pegar um pouco da sua dor para mim.

Quando eu me apaixonei por você, éramos dois. Eu te admirava pintar. Você era o primeiro a me pedir pra cantar. Agora que te amo, sou sua pintura e, você, meu violeiro. Agora que te amo, somos um coração único, batendo em ritmo de bateria, dançando pela vida.

Comments

comments

Powered by Facebook Comments