Para ler ouvindo: Who You Are – Jessie J
“There’s nothing wrong with who you are”

Tá tudo bem, menina. De verdade. O cenário não está tão ruim quanto você pensa. A sua mente está brincando com você (de novo). Levanta. Você consegue, eu sei disso. Só você não conhece a sua força.

Menina, olhe-se no espelho como se fosse a primeira vez. Esquece todos os defeitos que você se atribuiu. Deixa pra lá todos os conceitos que você tinha de si mesma e se veja como realmente é. Permita-se esse encontro. E, ó… Tá tudo bem se achar bonita. Já notou que seus olhos tem um fundo esverdeado? Já reparou como seu sorriso é cativante?

Ah, menina, se você ao menos soubesse quão especial você é. Eu queria que você percebesse isso. Mas, a venda nos teus olhos foi amarrada com nós cegos e as pontas se perderam no entrelaço. Rasgue-a se for preciso. Não posso fazer isso por você. Não posso entrar na sua cabeça e te fazer notar que tudo que você pensa está totalmente equivocado. Acho que, lá no fundo, você sabe disso. Só não consegue acreditar.

A verdade, menina, é que você não é perfeita e nem precisa ser. Cair, errar, fraquejar, é normal. Aceite que nem sempre você vai acertar. E aprenda a enxergar que isso não quer dizer que você não é boa suficiente. Isso é apenas a vida sendo vida.

Sua falha não é falta de amor, menina. É o excesso dele. Seu coração é inflado e corre o risco de estourar. A falta de sentimento está nos outros e, por mais que seja bom o que você tem a oferecer, as pessoas tem a opção de negá-lo. Paciência. Não é culpa sua (dá pra por isso na sua cabeça, de uma vez por todas?).

Você veste luz. Isso é raro nos dias de hoje. E tá tudo bem brilhar, menina. O mundo já está escuro demais, portanto, não deixe que te apaguem. Aliás, não se apague. Esse é o meu medo… Que você faça isso com você mesma. Promete que não, tá?

Ei, menina… Vem aqui fora, olha pro céu e veja que o pior já passou. Acredite em mim: Tá tudo bem. Ou vai ficar.

Comments

comments

Powered by Facebook Comments