Eu estaria mentindo se dissesse que gosto de você.

Eu gosto de estalar os dedos, de fazer piadinhas no Twitter e de esmaltes escuros. Gosto de estampa poá, de um fone de ouvido que não machuque e da boa e velha caneta Bic azul.

Eu gosto de sentar em cima de uma das pernas, da franja para o lado esquerdo e de Star Wars. Gosto de editoriais de moda, do cheiro de livros e de filmes musicais.

Eu gosto do conjunto All Star, calça jeans, camiseta e jaqueta de couro. Gosto do tempero que minha avó usa no molho do frango, de assistir TV com dois travesseiros e de delineador estilo gatinho.

Eu gosto de chiclete sabor menta e que seja bom para fazer bolhas, ainda que a etiqueta não seja a favor disso. Gosto de falar palavrão, de praticidade e de desafios.

Eu gosto de imaginar diálogos de pessoas na rua ou, então, de tentar achar um nome que encaixe com o rosto delas. Gosto do meu violão, da disposição de móveis no meu quarto e do meu colar com pingente delicado.

Eu gosto da bandeira do Brasil, de dormir sempre coberta e de fotos em preto e branco. Gosto de perfume mais cítrico, do meu chapéu azul e de deitar com meus cachorros.

Gosto disso tudo e mais. Mas, de você?
Você, eu amo.

Comments

comments

Powered by Facebook Comments