Quando um relacionamento acaba, ficamos chorando as pitangas do amor que deixamos escapar. “Ele era tudo pra mim“. “Ela era a mulher da minha vida“. Coisas do tipo… Não que eu não tenha feito isso, mas depois de algumas noites em claro e de muito refletir, cheguei a conclusão que você também saiu perdendo.

Isso pode soar arrogante para muitos – para você, especialmente – mas não vejo porque seria uma ofensa admitir que eu também era seu melhor partido (tá, talvez ” o melhor” seja presunção, mas um “muito bom”, com certeza!). Tô jogando pro lado essa culpa por ter perdido você e substituindo por uma nova remessa de amor próprio. E acho que está dando certo.

Depois da cara desinchar de tanto choro, tô me achando mais bonita. Até mudei o visual e aprendi a fazer umas maquiagens mais decentes para as ocasiões especiais. E achei ânimo para começar uma atividade física. Já percebi umas diferenças no corpo e tô curtindo o resultado. (Falando em palavras francas? Eu tô gostosa!)

Não quero que pense que sou melhor ou mais forte, nem nada. Só estou me dando o valor que ficou jogado às traças durante o meu luto. Acho que você deveria fazer o mesmo. Você é um cara legal, interessante e blábláblá e eu quero que perceba isso.

Eu vou aproveitar essa nova fase. Não estou pensando em me atrelar a alguém tão cedo. Essa nova etapa está boa do jeito que está e acredito que pode melhorar, então… Eu não sei o que você vai fazer da sua vida agora, mas eu vou é ser feliz.

Comments

comments

Powered by Facebook Comments